Museu Mariano Procópio (Juiz de Fora)

O Museu Mariano Procópio foi criado em 1921 e começou a partir da coleção particular do Alfredo Ferreira Lage, o museu abriga um rico acervo que abrange mais de 50.000 peças. Hoje é um dos importantes lugares para se visitar e ponto turístico de Juiz de Fora.

Na sua pinacoteca podemos encontrar nomes importantes da pintura européia, como por exemplo, Charles François Daubigny, Jean Honoré Fragonard, Willem Relofs e José Júlio Souza Pinto, como também importantes nomes da pintura brasileira: Pedro Americo de Figueiredo e Melo, Rodolpho Amoêdo, Henrique Bernardelli, Oscar Pereira de Silva e Belmiro de Almeida.

Ele foi o primeiro museu de Minas Gerais e abriga um dos acervos mais significativos do país, com peças que resgatam parte da essência cultural e histórica da vida colonial brasileira e do império.

Aqui embaixo vamos contar um resumo sobre o espaço e também vai ter um índice para você não se perder na leitura tudo bem?

Breve Histórico do Museu Mariano Procópio

Símbolo da memória histórica do Brasil, de Minas e de Juiz de Fora, o Museu Mariano Procópio em JF foi um marco do pioneirismo da cidade e de como Alfredo Ferreira Lage era obstinado. Ele dedicou sua vida à formação de um dos mais significativos acervos artísticos, históricos e de ciências naturais do país. O juiz-forano é filho de Mariano Procópio Ferreira Lage, que construiu a primeira estrada de rodagem macadamizada no Brasil, a “União e Indústria”, no período de 1856 a 1861, ligando Juiz de Fora a Petrópolis. Em 1915, Alfredo transformou, em museu particular, a Villa Ferreira Lage edificada por Mariano Procópio em 1861.

No centenário do nascimento de Mariano Procópio, em 23 de junho de 1921, foi quando Alfredo fez a inauguração do museu na Villa, projetada e construída no estilo renascentista pelo arquiteto alemão Carlos Augusto Gambs, e situada no alto de um parque de 78 mil m².

Do Museu ao Parque Mariano Procopio

O Parque Mariano Procópio valoriza a flora exótica e brasileira, ele foi considerado pelo naturalista e especialista em geologia e paleontologia, o suíço Jean Louis Rodolphe Agassiz, como “o paraíso dos trópicos”.

Parque do Museu Mariano Procópio Caminhada

O parque foi planejado pelo paisagista francês Auguste Marie Francisque Glaziou (também responsável pelos jardins da Quinta da Boa Vista no Rio de Janeiro e do Palácio Imperial de Petrópolis), com grande diversidade de espécies exóticas e espécies vegetais ameaçadas de extinção como o jatobá , o pinheiro do Paraná, Palmeiras e Sapucaias com mais de 120 anos. Possui lagos artificiais, trilhas, lanchonete, banheiros, bebedouros, playground infantil e um mini-zoológico.

Horário de Funcionamento do Museu Mariano Procópio

A área externa é utilizada por muitas pessoas para a prática de lazer, seja por moradores locais, visitantes a trabalho ou ainda, pessoas fazendo turismo na região. O parque está aberto para visitação de terça a domingo, de 8h às 18h e a entrada é gratuita. Na área externa tem playgrounds para as crianças, lago, trilhas para caminhada e é um ambiente super legal para a família.

Para quem possui a carteirinha do clube da caminhada, as dependências abrem às 6h.

Na Galeria Maria Amália, a população pode visitar a exposição “Esplendor das Formas: Esculturas do Acervo do Museu Mariano Procópio” que recebe o público de terça a sexta-feira, das 10h às 17h.

A visitação monitorada para grupos e instituições de ensino podem ser agendadas pelo telefone (32) 3690-2200.

Obras e Fechamento do Museu e Parque

O Museu passou por um processo de restauração por muitos anos e em 2017 abriu uma sala para visitação, a Galeria Maria Amália que fica no salão principal do Mapro, foi reinaugurada e é o único espaço aberto à visitas no prédio do Museu com esculturas, quadros e alguns outros itens da coleção.

O final das obras por completo ainda que não têm previsão para finalização, por ser um processo cauteloso e a equipe pode encontrar vários contratempos durante o trabalho.

No início de 2018, tanto o Parque quanto o Museu tiveram de ser fechados devido ao surto de febre amarela que assolou a região sudeste do país.

O Museu e o Parque estão localizados no endereço: Rua Mariano Procópio, 1100 – Centro, Juiz de Fora – MG

Não deixe de visitar este espaço na sua viagem à Juiz de Fora – MG.

Esse post faz parte do Especial Juiz de Fora:

Comentários

2018-05-08T18:24:56+00:00 04/14/2018|Blog, Dicas de Viagem, Especial Juiz de Fora MG, Guias|Comentários desativados em Museu Mariano Procópio (Juiz de Fora)