O que é Airbnb? 11 Perguntas Respondidas sobre a Plataforma Que Mais Cresce no Mundo

699
O que é Airbnb?

Deixar que estranhos completos entrem em sua casa pode não parecer uma boa ideia para todos.

Por outro lado, também não está entrando na casa de um completo estranho.

Mas para os muitos milhões de usuários do site de compartilhamento de acomodações Airbnb, a idéia não é apenas boa, é brilhante.

Desde que a empresa foi lançada em 2009, passou de ajudar 21.000 pessoas por ano a encontrar um lugar para ficar e ajudar seis milhões por ano a sair de férias, e atualmente lista impressionantes 800.000 propriedades em 34.000 cidades em 90 países diferentes.

Existem algumas armadilhas em potencial com o Airbnb, mas se seis milhões de pessoas confiam nele e o usam, claramente vale a pena investigar.

O Airbnb é uma plataforma/aplicativo online que facilita a vida de pessoas comuns como eu e você para alugar imóveis (ou quartos) por temporada mas barato que hotéis, seja para viajantes a turismo ou a trabalho.

Aqui está o que você precisa saber sobre o Airbnb:

Como Funciona o Airbnb?

O Airbnb é uma plataforma online que permite que as pessoas aluguem suas propriedades ou quartos extras para os hóspedes.

O Airbnb recebe 3% de comissão de cada reserva dos anfitriões e entre 6% e 12% dos hóspedes.

Existem muitos critérios para listar / pesquisar uma propriedade: de um quarto compartilhado a uma casa inteira, de uma piscina a de uma máquina de lavar. Há fotos da propriedade e os anfitriões / convidados, com a lista completa do mapa, além das avaliações de cada propriedade e de cada proprietário.

Por que usar o Airbnb?

Uma combinação de fatores, mas principalmente financeiros. Os hóspedes recebem acomodações de bom valor com uma enorme variedade de preços, e geralmente em locais privilegiados, onde um hotel normal custaria infinitamente mais.

Os anfitriões podem aproveitar o espaço livre, talvez se as crianças voarem do ninho e houver um quarto extra.

De fato, de acordo com a economista Dra. Margarethe Theseira, se um proprietário (host) do Airbnb listar suas propriedades por sete dias por mês, em média, ganharia aproximadamente R$ 2.500 reais por mês, um aumento na renda familiar bem considerável. Obviamente estamos falando aqui em casos hipotéticos, de imóveis que valem R$ 2.500 reais por 7 diárias 😉

Quais são os outros benefícios do Airbnb?

Porém, há mais do que um motivo financeiro por trás: muitos convidados (hóspedes) gostam de viver como um local e recebem recomendações de restaurantes de pessoas realmente conhecidas, enquanto muitos anfitriões gostam de conhecer novas pessoas e ajudar com o turismo da região.

É fácil reservar um Airbnb?

Sim muito. Depois de criar um perfil verificado (que pode ser vinculado às mídias sociais), você pode enviar uma mensagem para o host e reservar instantaneamente ou enviar uma solicitação para reserva posterior.

Os hosts devem mostrar calendários de disponibilidade – a maioria é mantida atualizada – e informarão sobre o que fornecerão como toalhas ou secadores de cabelo, etc.

Exemplo de Calendário no Airbnb

No entanto, muitas pessoas não aceitam reservas por apenas uma noite, fique atento (a).

Existem extras escondidos?

Não é realmente “oculto”, mas muitos hosts adicionam uma taxa pela limpeza além da taxa básica da diária. Isso é sempre esclarecido na reserva.

Alguns lugares embutem por exemplo, “taxas de resort” já no valor da diária, porém você pode sim acabar pegando algum “espertinho” que resolva cobrar por fora direto no local, sem prévio aviso, para estes e outros casos de fraude, denuncie ao Airbnb, pois eles podem banir esse proprietário da plataforma.

Como entrar em uma propriedade se não há recepção?

Depois de fazer a reserva, você e o anfitrião geralmente organizarão onde e quando se encontrar, conveniente para a propriedade e sua hora de chegada.

Isso pode ser na própria propriedade ou, se for difícil de encontrar, muitas pessoas concordam em se encontrar em um local mais central e partir daí.

Alguns Airbnbs são serviços profissionais, em vez de serem administrados por um host pessoal, portanto, você pode conhecer um de seus funcionários e não o proprietário diretamente.

Ainda há os casos mais recentes, chamados de “self checkin”, onde o proprietário libera o acesso ao imóvel através de uma senha digital, ou seja, você nem faz contato físico com o proprietário, tudo é tratado online.

Mas podemos confiar nas pessoas?

Sim. Em primeiro lugar, existe o sistema de revisão por pares, no qual hosts e convidados podem deixar críticas honestas um ao outro; os comentários só podem ser deixados após uma reserva.

Há também o sistema de identificação verificada, que confirma a identidade das pessoas, combinando-as com as mídias sociais e outros documentos offline, como a digitalização de identificação com foto (este sistema atualmente é obrigatório apenas para reservas de última hora).

Exemplo de Perfil Verificado no Airbnb

Podemos confiar nas descrições?

Sim e não. Explico: em todo lugar existem os “espertalhões”, como já citei acima. Sempre existe o perigo, como acontece com qualquer coisa on-line, de que as coisas não sejam exatamente como parecem quando você as vê em carne e osso – mas é aí que as críticas aparecem.

Só reserve em algum lugar com bons comentários e avaliações, com hosts verificados e, em caso de qualquer problema, acione a equipe do Airbnb, o suporte deles é sensacional, tem atendimento em português e certamente vão ajudar a resolver qualquer problema.

Exemplo de Avaliações no Airbnb

E o Pagamento?

Como hóspede, você paga integralmente ao reservar através de uma plataforma segura, e os anfitriões receberão esse dinheiro 24 horas após o check-in.

Há parcelamento, porém incidem juros do cartão de crédito.

E quanto a reembolsos?

Existem cinco níveis de políticas de cancelamento, dependendo do host individual.

De um modo geral, você não receberá um reembolso pelo cancelamento de uma viagem a curto prazo, mas poderá fazê-lo se houver circunstâncias atenuantes ou se houver algo errado com a propriedade que não tenha sido esclarecido na descrição.

Tem Suporte para o Anfitrião?

O Airbnb tem uma linha direta de atendimento a clientes 24 horas, tanto para hóspedes quanto para anfitriões e, para o último, eles introduziram recentemente uma apólice de seguro por qualquer perda devido a roubo ou vandalismo.

O Airbnb recomenda que os hosts também tenham seguro residencial adicional apropriado.

Se você ainda não tem cadastro no airbnb, clique aqui e garanta o nosso cupom de no mínimo R$ 130 de desconto na primeira reserva!

NOTA DO BLOG: Este conteúdo foi elaborado através de pesquisas na internet e procuramos sempre manter atualizado conforme as novidades e atualizações que ocorrem nos assuntos. Ao clicar nos links você pode estar contratando os serviços que indicamos sem qualquer custo adicional para você e, às vezes até conseguimos alguns descontos exclusivos, que podem ou não gerar alguma comissão para o blog pagar os custos de servidor e se manter ativo.