Por Que Viajar Te Transforma Em Uma Pessoa Incrível

As pessoas sempre perguntam se e como as viagens mudam as nossas vidas. Se olharmos para trás e ver quem éramos antes de começar a viajar com frequência e comparar isso com quem somos agora, nós diríamos que viajar nos fez uma pessoas melhores e mais bem planejadas. Além claro do aprendizado contínuo que temos de por exemplo, passar por lugares muito pobres e perceber que eles apesar de todas as dificuldades, são pessoas humildes, simples e felizes. Aprender a valorizar mais a nossa vida e os momentos que vivemos, entre tantos outros aprendizados e experiências que tivemos viajando por aí.

Simplificando, somos muito mais incríveis do que costumávamos ser.

Na verdade, acho que viajar faz TODOS serem pessoas mais incríveis. Nós terminamos nossas viagens melhor do que quando começamos. Não estou dizendo que isso seja presunçoso ou egoísta, estou dizendo isso porque acredito que uma viagem é algo que faz você não só um ser humano melhor, mas também ter uma “vibe” mais legal. Acho realmente que nos transforma no tipo de pessoa que outras pessoas gravitam e querem estar por perto.

Você se torna uma REFERÊNCIA para familiares, amigos, colegas de trabalho, etc.

Como e por que viajar faz você ser uma pessoa mais incrível? Vou te contar algumas coisas:

Mais social – É tudo ou nada na estrada. Ou você melhora em fazer amigos ou vai acabar sozinho (a), chorando todas as noites em um travesseiro. Você aprende a fazer amigos a partir de completos estranhos e se sente mais à vontade para falar com pessoas novas. Quando começamos a viajar pela primeira vez, éramos meio introvertidos e era meio desconfortável conversar com aqueles que não conhecíamos, principalmente quando estávamos em outros países tendo que gastar nosso inglês ou espanhol, era difícil até pra pedir o clássico “tira uma foto nossa por favor?”. Hoje em dia, nós conversamos com estranhos como se tivéssemos sido melhores amigos há anos.

Melhor conversa – Viajar não só faz você se sentir confortável conversando com estranhos, mas também faz você melhorar a qualidade dos assuntos. Depois de falar com as pessoas o tempo todo, as mesmas perguntas ficam chatas. Você começa a ficar de saco cheio mesmo. Depois de um tempo, você não quer muito saber de onde as pessoas são, pra onde estão indo, quanto tempo eles viajaram e bla bla bla. Esses tipos de perguntas na verdade não lhe dizem nada sobre a pessoa. Você vai melhorar em pequenas conversas e em como fazer perguntas interessantes – as que importam e que vão te dizer mais sobre as pessoas que está conhecendo.

Mais confiante – Você fez sua primeira viagem de avião na vida, jantou naquele restaurante alto nível mas que em outro país é “acessível financeiramente”, conheceu pessoas novas, fez amizades (ou pode até mesmo conhecido paixões e/ou amor da sua vida), fez passeios que não costuma fazer (andou aquela montanha russa GIGANTE que no youtube parece impossível de você ter coragem de ir), se perdeu com o GPS em uma cidade/bairro desconhecidos, venceu seu medo de altura e/ou outros medos, etc. Os imprevistos de uma viagem te faz ter experiências únicas e em suma, você fez coisas incríveis. Como você não pode ter mais confiança depois disso tudo? Como você não pode ter certeza sobre suas habilidades? Depois de realizar e viver tanta coisa, você vai se sentir muito mais confiante em sua capacidade de alcançar qualquer coisa que você estabeleça sua mente.

Mantenha a Calma e Seja Incrível! Mais adaptável – Você lidou com vôos perdidos, ônibus lentos, retornos errados, atrasos, comida ruim e muito, muito mais. Depois de um tempo, você aprende a adaptar seus planos a situações em mudanças constantes. Você não fica com raiva, você não se irrita; Você apenas altera o que está fazendo e continua, muitas vezes você até ri e acumula histórias pra contar. A vida e as circunstâncias te dão limões azedos, e você faz uma limonada com eles. Por quê? Porque você é incrível assim.

Mais aventureiro (a)  – Quando você se torna confiante em sua capacidade de fazer qualquer coisa, você faz qualquer coisa. Nós (ainda sem filhos) já descemos de um ônibus lotado e atrasado no meio de uma avenida em Foz do Iguaçu e pegamos 2 moto-táxis, tudo isso para chegar no horário marcado para Visita Noturna na Usina de Itaipu. Nenhum de nós havíamos subido em uma motocicleta antes na vida. Por quê fizemos? Porque não queríamos perder a visita por nada e aproveitar o máximo nosso tempo no local. Qual é o propósito da vida se você não sair da sua zona de conforto? Foi um pico de adrenalina surreal que valeu muito a pena e até hoje nós rimos bastante dessa história.

Mais Leve – Todos esses erros? Eles também fizeram algo mais por você. Eles te fizeram mais relaxado (a) e com maior facilidade de adaptação. Por quê? Porque você lidou com todos esses erros e não se importa tanto. Você vai seguindo o fluxo agora, porque se viajar te ensinou algo, é que tudo dá certo no final e que não há necessidade de se estressar. Ou seja, você passa a viver mais “leve”.

Melhor Aparência – O estresse causa envelhecimento. Aqueles dias despreocupados e relaxantes na estrada ou naquele hotel maravilhoso vão te tornar mais confiante e radiante, e você envelhecerá mais devagar. Você vai sorrir mais e vai parecer mais jovem de acordo com as pesquisas científicas.

Mais esperto (a)  – A menos que você se sente em um resort que afoga seu cérebro em bebidas congeladas, a viagem irá te ensinar sobre o mundo. Você vai aprender sobre pessoas, histórias e culturas, além de fatos curiosos e/ou “ocultos” sobre lugares em que algumas pessoas só poderiam sonhar. Em resumo, você terá uma melhor compreensão sobre como ele funciona e como as pessoas se comportam. Isso é algo que não pode ser aprendido com os livros: você vai adquirir essa capacidade intelectual com a experiência de viagens.

Menos materialista – Viajando, muitas situações fazem você aprender o quão pouco você realmente precisa. Você perceberá que toda essa porcaria que eles vendem no shopping é bastante inútil para levar uma vida verdadeiramente feliz. Chegando em casa, você ficará cada vez menos materialista simplesmente porque você percebe o que precisa para viver e o que você não faz. Você percebe aos poucos que é muito mais prazeroso abdicar da compra compulsiva de produtos e investir em experiências de verdade, viajando mais por aí.

Mais feliz – O fluxo da vida de viajante simplesmente ensina você a ser feliz. Você ficará mais relax, mais confiante e vai ver o mundo como um lugar mais brilhante. Como você não pode ser feliz com a vida depois de tudo isso?

Confira também nosso post completo sobre o Curso de Italiano Grátis da USP

Pense em todas as pessoas famosas e bem-sucedidas do mundo. Quantas destas qualidades exibem essas pessoas? Muito. Por quê? Porque ser extrovertido, engraçado, social, feliz, confiante e inteligente são todas as qualidades que tornam as pessoas mais bem sucedidas na vida cotidiana.

Viajar as pessoas melhorarem como pessoas. Quando você aprende mais sobre o mundo e as pessoas nele, você extrapola seus limites e experimenta coisas novas, você se torna uma pessoa mais aberta, extrovertida e incrível. Todas as pessoas que eu conheci que investem em experiências viajando por aí sempre que podem, são pessoas melhores também por causa disso e reconhecem que essas viagens que fazem contribui diretamente para isso.

Com todas as maneiras pelas quais uma viagem pode fazer você ser uma pessoa incrível, não há nenhuma razão pela qual você não deveria estar planejando sua próxima aventura agora: Seja uma viagem de volta ao mundo ou apenas uma viagem de férias de 1 semana em um recanto escondido no interior do Brasil.

Você pode estar sentado (a) em casa agora, desejando estar em algum lugar exótico, se divertindo e fazendo algo legal.

Ou você pode reclamar da vida nas redes sociais…

Pare de ser chato (a) e faça algo incrível: A escolha é sua.

Comentários

2018-05-14T09:39:52+00:00 01/25/2018|Destaque, Dicas de Viagem|Comentários desativados em Por Que Viajar Te Transforma Em Uma Pessoa Incrível