O que acontece se a mala for Extraviada? Já se preparou?

1363

Um dos momentos mais tensos de toda a viagem é quando você está esperando a sua mala passar pela esteira.

Afinal, a sua mala é um item imprescindível, onde tem todas suas roupas, seus produtos, tudo que você precisa para passar os próximos dias ou semanas. Mas e se ela não vier? O que acontece?

Primeiramente, mantenha a calma e procure imediatamente o balcão da cia aérea ainda dentro do setor de desembarque, e então siga o restante das orientações no nosso post.

O que fazer?

O primeiro passo é informar para algum funcionário da companhia aérea ou no guichê de atendimento, ainda dentro do setor de desembarque.

Então, você vai assinar um formulário fornecido pela empresa para informar o extravio da sua bagagem, o Registro de Irregularidade de Bagagem.

O ideal é que você faça esse formulário imediatamente, mas se você resolver fazer depois tem até 7 dias para isto. Vale lembrar que quanto mais tempo você demora, mais difícil será para você receber qualquer coisa, especialmente se a sua mala for extraviada definitivamente.

Em seguida, se você tiver um seguro de viagem 1Recomendamos FORTEMENTE que você faça um e viaje com tranquilidade, Clique aqui e veja o que indicamos, você ligará para o seu seguro informando o ocorrido, nesta ligação você deve informar seu itinerário e também o seu endereço temporário durante a viagem.

Após fazer isso, não precisa mais agir com nada, pois agora a responsabilidade é totalmente da companhia aérea de encontrar a sua bagagem e envia-la de volta para você – e responsabilidade do seguro de viagem de tentar localizar diariamente a sua mala e poder lhe passar informações úteis a respeito do andamento do processo.

O que o seguro de viagem e a companhia aérea fazem?

A partir do momento em que você informa que não recebeu a sua bagagem, a companhia aérea vai precisa averiguar o que pode ter acontecido.

Se você fez conexão, pode ser que a sua bagagem tenha ficado presa em algum lugar. Ainda existe a probabilidade de outro passageiro ter pegado a sua mala por engano. Ou então a sua mala ficou perdida ao ficar sem a etiqueta de identificação na hora do despache e, portanto, ninguém sabe para onde enviá-la.

Mas, de todo modo, a responsável pelo cuidado com a sua bagagem é a companhia com a qual você despachou. E, se for um voo nacional, a empresa tem até 7 dias para entregar a sua mala, e se for internacional o prazo é de 21 dias.

Enquanto isso, a empresa de seguro de viagem contratada vai entrando diariamente em contato com a companhia aérea para averiguar onde a sua mala está, se ela foi localizada, o que já foi checado, e então passar todas essas informações para você.

Durante o período em que você estiver viajando, a companhia aérea fica responsável por alguns gastos, como de produtos de higiene e roupas, itens que normalmente ficam retidos na bagagem extraviada.

Mas, se você contrata um bom seguro viagem, ele também fica responsável por esse reembolso. O valor vai depender de alguns critérios e é importante estar a par disso no momento da contratação do seu plano de seguro.

A bagagem foi encontrada, e agora?

Pensando no melhor cenário diante do extravio da bagagem, sua mala é encontrada dentro do prazo e a partir daí o processo é simples.

Ela logo será enviada para o endereço que você informou durante o início do processo.

A bagagem não foi localizada, e agora?

Neste caso, o pior cenário, você tem direito a uma indenização paga pela companhia aérea, direito seu garantido artigo. 6, inc. VI do Código de Defesa do Consumidor de acordo com a  Lei 8078/90.

Mas, caso você tenha contratado um plano de seguro de viagem, você também recebe a indenização da empresa. Por isso que é uma opção interessante contratar um seguro, afinal eles farão de tudo para que você também encontre a sua bagagem e, assim, não precise receber uma indenização.

Mas essa indenização paga pelo seguro vai depender do que você tinha dentro da sua bagagem e também de qual foi o seu plano contratado.

Estes processos de extravio definitivo da bagagem (quando ela não é mais localizada e você não a receberá mais) costumam ser bastante burocráticos, até mesmo se você tem o seguro, pois precisa enviar diversos documentos para garantir o seu direito.

E se a indenização não for satisfatória?

Uma coisa que acontece muito é a empresa indenizar, mas o consumidor não se sentir ressarcido. Afinal, além da perda de todos os seus itens que estavam nas bagagens, também há o estresse durante a sua viagem – um momento que muitas vezes seria para você relaxar ou então estar focado em outra coisa, como trabalho.

E a partir do momento que você fez todos os procedimentos cabíveis para a recuperação da sua bagagem, o que resta após a indenização é entrar em contato com o PROCON para que ele possa atuar em uma indenização melhor ao consumidor que foi lesado por um erro da companhia aérea.

Ainda existe a possibilidade de você prestar uma queixa na DAC, o Departamento de Aviação Civil. Porém, essa queixa servirá apenas para multar a empresa e não indenizar o consumidor.

Se a perda da sua bagagem teve mais consequências em sua viagem, você pode ainda recorrer à justiça, por indenização de danos morais e materiais por causa do extravio de sua bagagem.

Esse mesmo direito é válido caso a sua bagagem tenha sido entregue de forma danificada – mas neste caso é essencial que você tire fotos para comprovar o estado com que a mala foi entregue a você.

Existem algumas coisas que você pode fazer para evitar o extravio da sua bagagem, como por exemplo:

  • Sempre conferir se a bagagem será entregue numa conexão ou apenas no destino final;
  • Certificar-se e conferir que durante o despacho, todas as etiquetas foram coladas perfeitamente sem possibilidade de soltar durante o caminho;
  • Conferir sempre o número da etiqueta colada na bagagem com o número do “recibo” que você recebe;
  • Guardar o cartão de embarque e o “recibo” do despacho da bagagem (geralmente é um adesivo que podemos colar no cartão).

Mas mesmo assim a responsável será sempre a companhia com a qual você viajou.

Por isso, é fundamental que todo viajante saiba exatamente quais são seus direitos e quais são os órgãos responsáveis que o assegura disso. Desta forma, você poderá ser indenizado.

Conhece alguém que vai viajar? Compartilhe esse conteúdo com essa pessoa para que ela também esteja ciente do que pode fazer caso isso venha a acontecer!

Resumo em Infográfico

Infográfico sobre o que fazer em caso de extravio de bagagem

Resumo em Vídeo

Confira nosso Stories